WEB RÁDIO APAIXONADOS POR RÁDIO

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Radio SDS -Emissora oficial da Diocese de São Carlos

Carta escrita pelo Padre Juliano abaixo


Amado irmão, paz e bem! Saudações fraternas. 

Com extrema alegria que nos dirigimos ao irmão para dar esta boa notícia. A Rádio SDS FM 93,3, da Associação São Domingos Sávio, em Dourado, será oficializada diocesana no próximo dia 1° de julho. 

Assim, depois de tanto empenho e dedicação do Pe.José Antonio e, agora, com anseio de Dom Paulo e Dom Eduardo, apresento o desenvolvimento da SDS, agora diocesana: - Aumento de potência: Há grande probabilidade de a potência já ser aumentada no segundo semestre e, assim, cobrir todo território diocesano; - Link: Com a unidade móvel totalmente modernizada, podemos fazer transmissão de qualquer ponto do território nacional. Assim, queremos atingir todas as paróquias com a presença de nossa equipe em festas, novenas etc com cobertura e transmissão ao vivo; - Estúdios: Além do estúdio principal em Dourado, a diocese investiu num estúdio auxiliar em São Carlos, na sede da cúria, para que sejam gerados e gravados materiais direto da sede diocesana. 

Além disso, da cidade de Tabatinga, Pe.Rodolfo também gerará seu programa direto de outro estúdio; - Programação: Após reuniões e desejo de Dom Paulo, hoje, a programação está totalmente reformulada, sendo seu carro-chefe a evangelização. Ainda, a partir do dia 1º a rádio passa a operar diariamente com programação gerada praticamente 50% por Dourado e 50% por São Carlos: - Dom Paulo, Dom Eduardo, Pe.Rodolfo, Pe.Éverson, Pe.Marcelo Jolli, Pe.Kécio, Pe.Heitor, Pe.Julio Perroni, Pe.José Antonio, além de vários leigos engajados estarão empenhados em Santa Missa diária, jornalismo, orações, bênçãos, catequese, santo terço e muito envolvimento do ouvinte; - Investimento: Trabalhamos, até agora, nos investimentos essenciais, mas, temos muito a evoluir ainda. 

Como sabemos, a rádio educativa não pode ser comercializada, somente é autorizado apoio cultural. Nosso bispo optou em nos estabilizarmos pela contribuição de sócios, denominando-os “Amigos da Rádio”; Por fim, amado irmão, juntos podemos evangelizar muito mais pessoas. Por isso, sinta-se responsável conosco nessa nova empreitada de nossa diocese. Com isso, gostaria de convidar o senhor e seus membros da Pastoral da Comunicação para o grande dia 1º de julho, no qual, Dom Paulo estará em Dourado abençoando o estúdio principal, falando com os ouvintes e presidindo a Eucaristia, a partir das 16h30 na sede da SDS. 


Divulgue em sua paróquia, nas mídias sociais e envie suas notícias para que sejam divulgadas em nível diocesano. Hoje, a SDS pode ser ouvida pelas ondas de FM 93,3, pelo site www.radiosds.com.br, pelo aplicativo SDS FM tanto para Ios como para Android. São Domingos Sávio, rogai por nós. Dom Paulo Cezar Costa, Dom Eduardo Malaspina, Pe.Robson Caramano, Pe.Ramon Ap.Ramos e Pe.Juliano C.Alécio.


terça-feira, 19 de junho de 2018

EM NOVA NOTA, ABERT REPUDIA EQUIPARAÇÃO DE RÁDIO COMUNITÁRIA À COMERCIAL

ENTIDADE RESSALTA QUE RÁDIO COMERCIAL SUPORTA ALTOS CUSTOS PARA SUA MANUTENÇÃO
O projeto que prevê a liberação de publicidade paga e aumento de potência nas rádios comunitárias continua causando polêmica. Em nova nota divulgada nesta quinta-feira (14), a associação repudiou as mudanças previstas nos dois projetos de lei que tramitam no Senado que pretendem igualar as rádios comunitárias às comerciais. O tudoradio.com também chegou a publicar um editorial sobre o assunto.
De acordo com a Associação, as mudanças na legislação do setor favorecem uma concorrência desleal e têm por finalidade o enfraquecimento econômico das emissoras comerciais. Ainda segundo a ABERT, se aprovadas, as duas propostas trarão “efeitos danosos ao poder público, ao contribuinte e às emissoras comerciais”.
Na terça-feira (19), o plenário do Senado deve votar o PLS 513/2017, de autoria do senador Hélio José (PROS/DF), que aumenta o limite de potência e o alcance das transmissões para toda uma cidade e até mesmo para o estado, e ainda triplica a quantidade de canais para o serviço de radiodifusão comunitária. Já o PLS 55/2016, do ex-senador Donizete Nogueira (PT/TO), está em tramitação na Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) e permite que as emissoras comunitárias, à semelhança das rádios comerciais, vendam espaço para publicidade.
Na nota, a ABERT ressalta que a outorga de funcionamento de uma rádio comercial tem “um alto custo e o processo de obtenção é demorado e burocrático”. Já a autorização para operar uma rádio comunitária “é sumária, simplificada e gratuita, sendo permitida apenas para entidades sem fins lucrativos”.
Para a ABERT “o radiodifusor comunitário que pretende comercializar propaganda deve participar do processo de licitação, com as mesmas regras e obrigações tributárias, trabalhistas e previdenciárias dos radiodifusores comerciais”. A Associação conclui afirmando esperar que o Senado Federal rejeite as duas propostas.
Nesta semana a Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado aprovou o projeto isenta as rádios comunitárias do pagamento de direitos autorais ao Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad). O texto segue para análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde recebe decisão terminativa.
Caso a isenção do pagamento dos direitos autorais seja aprovada, o projeto que prevê a autorização da publicidade paga para o meio deve perder relevância. A medida vai causar um alívio nos custos de manutenção da rádio comunitária, benefício que não é estendido às rádios comerciais.

Fonte: http://biquadbroadcast.com/br/em-nova-nota-abert-repudia-equiparacao-de-radio-comunitaria-a-comercial/

sábado, 16 de junho de 2018

PROGRAMA OLHA A HORA EM NOVO HORÁRIO

O tradicionalismo programa Olha a Hora da Rádio Cultura de Araraquara apresentado pelo Geraldo Marchese e Flavio Marchese estará em novo horário a partir de segunda feira dia 18 de junho. 

O programa deixa o horário da tarde as 17 horas e volta para as manhãs das 07 as 09 da manhã. Sendo que, das 07 as 08 da manhã em rede am e fm e das 08 as 09 da manhã somente no am.

O programa olha a hora está a 26 anos no ar pela Rádio Cultura de Araraquara

Resultado de imagem para programa olha a hora araraquara

quinta-feira, 14 de junho de 2018

FERNANDO MARTINS ESCLARECE TODA A POLÊMICA NA JOVEM PAN

A imagem pode conter: Fernando Martins, sentado


Fernando Martins da Rádio Jovem Pan de São Paulo se envolveu ou tentaram envolver o jornalista em uma polemica o quanto meio que " bobo " no programa Ligado na Cidade em que ele comandava na rádio. 

Em um dos seus programas ele teria mandado um abraço para o Ronnie Von e o Caçulinha e não teria agradado a direção da emissora panamericana, segundo a coluna do Flavio Ricco do Uol. 

Pois bem, hoje em seu perfil nas rede sociais, Fernando Martins falou sobre o assunto. Siga abaixo :


"Pessoal, os últimos dias foram bem movimentados e, para esclarecer de uma vez o que houve, resolvi fazer esse post.
O programa Ligado na Cidade de fato saiu do ar, mas as questões que levam a isso são puramente estratégicas por parte da emissora. Programas vêm e vão nas grades das rádios e TVs. Sempre foi assim e sempre será. O Ronnie Von e o Caçulinha, obviamente, não influenciaram nada. São dois queridos colegas e ouvintes. Pessoas elegantes que estimo. 
Também não fui demitido da Pan, nem me afastei pra sair candidato a deputado, como chegou a ser cogitado. Sigo como repórter, a essência do jornalismo. Não importa em qual posição somos colocados para jogar, o que importa é fazer o jogo fluir.



No caso do jornalismo, fluir é fazer a diferença na sociedade, na vida das pessoas. O Ligado foi incrível, com centenas de pessoas recebendo a atenção que devia, com incríveis pessoas na produção e, claro, com o público que nos dá o voto de confiança.


Obrigado pelo carinho de todos nos últimos dias. Dos amigos de sempre, dos amigos da imprensa, da classe artística e de você do outro lado do rádio, do celular, do computador... você que tem a paciência de tirar um pedacinho do dia para ouvir a gente. Muito obrigado, mesmo."





Ibope divulga o ranking das rádios mais ouvidas em São Paulo (Março a Maio – 2018)

Veja como ficou a divisão de audiência entre as 19 emissoras de rádio em São Paulo com base no período 05h00 às 00h00 (todos os dias e locais – trimestre: março/2018 a maio/2018).
Colocação / Emissora / Número de ouvintes por minuto
1º – Band FM 96.1 – 155.962 mil ouvintes por minuto
2º – Nativa FM 95.3 – 138.099 mil ouvintes por minuto
3º – Transcontinental FM 104.7 – 135.551 mil ouvintes por minuto
4º – Alpha FM 101.7 – 119.523 mil ouvintes por minuto
5º – Metropolitana FM 98.5 – 96.023 mil ouvintes por minuto
6º – Gazeta FM 88.1 – 94.756 mil ouvintes por minuto
7º – 89 A Rádio Rock FM 89.1 – 74.478 mil ouvintes por minuto
8º – 105 FM 105.1 – 72.085 mil ouvintes por minuto
9º – Mix FM 106.3 – 65.871 mil ouvintes por minuto
10º – Nova Brasil FM 89.7 – 64.647 mil ouvintes por minuto
11º – Antena 1 FM 94.7 – 64.350 mil ouvintes por minuto
12º – Kiss FM 102.1 – 64.201 mil ouvintes por minuto
13º – Jovem Pan FM 100.9 – 61.843 mil ouvintes por minuto
14º – Top FM 104.1 – 59.822 mil ouvintes por minuto
15º – Feliz FM 92.9 – 58.051 mil ouvintes por minuto
16º – CBN FM 90.5 – 56.277 mil ouvintes por minuto
17º – Rádio Disney FM 91.3 – 53.080 mil ouvintes por minuto
18º – Transamerica FM 100.1 – 46.960 mil ouvintes por minuto
19º – Band News FM 96.9 – 43.432 mil ouvintes por minuto
São 40 estações que partilham o total da audiência FM de São Paulo e região metropolitana.
Fonte: IBOPE Easy Media – Praça Grande São Paulo.

terça-feira, 12 de junho de 2018

MORRE EM SÃO CARLOS O LOCUTOR ESPORTIVO CARDOSO NATAL

Morre o locutor Cardoso Natal - Crédito: Arquivo/SCA


O locutor Antonio Cardoso Natal morreu no início da tarde desta terça-feira, 12. Ele estava com 79 anos e atuava na Rádio Clube de São Carlos. Com problemas de saúde, estava internado na Santa Casa de Misericórdia, onde passava por uma série de exames. Deixa a esposa Olga e quatro filhos.Nas décadas de 70, 80, 90 e 00, destacou-se na imprensa são-carlense como narrador esportivo.
Antonio Cardoso Natal nasceu em Analândia em 21 de julho de 1939 e está radicado em São Carlos desde 1952.Trabalhou como comerciário, mas sua trajetória está ligada ao futebol, tendo sido atleta e treinador de equipes locais.
Em 1976 iniciou a carreira na Rádio Progresso como comentarista esportivo e logo passou a narrador da Equipe Titulares do Esporte. Como radialista acompanhou de perto da história do Grêmio Esportivo São-carlense e narrou partidas em diversas cidades paulistas e do sul do país.
No dia 29 de agosto de 2014, em sessão solene recebeu na Câmara Municipal o título de “Cidadão Honorário de São Carlos” em reconhecimento à destacada participação do homenageado no desenvolvimento e na história do desporto são-carlense. 
Fonte: São Carlos Agora

Nota do Blog: Tive o prazer de trabalhar com Cardoso natal na época boa da Rádio Bj fm em Ribeirão Bonito quando estávamos começando com o projeto de esportes lá na emissora em 2003. 


Cardoso narrou alguns jogos para a rádio bj fm e sempre me encontrava com o mesmo quando visito a rádio clube de são carlos. O rádio esportivo do interior perde muito, vou sentr muita falta do meu grande amigo cardoso natal.








Apresentador perde programa após mandar beijos para Ronnie Von e Caçulinha

Fernando Martins, apresentador do “Ligado na Cidade”, caiu na besteira de mandar beijos para Ronnie Von e Caçulinha, o que irritou profundamente a direção da Jovem Pan. 

Resultado: o programa já deixou de ir ao ar na FM e amanhã quarta, será seu último dia na AM. É o que se pode chamar de “beijo da morte”, “beijo fatal” ou qualquer outra sandice. 

FONTE E TEXTO FLAVIO RICCO 

https://tvefamosos.uol.com.br/colunas/flavio-ricco/2018/06/12/apresentador-perde-programa-apos-mandar-beijos-para-ronnie-von-e-caculinha.htm

Nota: Fica aqui todo meu apoio ao meu amigo Fernando Martins. Amigo to do seu lado , sempre!!!

RÁDIO BJ COMPLETA 22 ANOS NO AR: QUAL O FUTURO DA RÁDIO DE RIBEIRÃO BONITO ?

Resultado de imagem para radio bj fm de ribeirao bonito


A Rádio Bj Fm tem uma linda história e momentos marcantes ao longo dos seus 22 anos no ar. Como por exemplo: Transmissões esportivas ( que não se faz mais ), sessão da câmara (  que tem pouca divulgação ou nem faz mais ), o fogo na barraca da festa de agosto em 2004 que em horas construiu tudo de novo, a compra do novo transmissor para repetira tv Canção Nova, e por fim a construção do novo estúdio da Rádio Bj Fm que leva o nome do radialista e jornalista Geraldo  Blotta.

Enfim, a rádio merece ser respeitada, mais infelizmente não é o que está acontecendo, a  emissora está jogado na praça e no nosso dial. Não nos apresenta mais grandes programas, musicas uma pior que a outra e daqueles bem ruim mesmo. 


Já fiz programação musical e deixava a rádio redondinha, com vinhetas novas a cada 6 meses e musicas novas e é duro para quem sempre se preocupou com qualidade no ar e ver esse tipo de situação, fico extremamente triste e magoado. 


As vinhetas estão ainda da minha época e já faz 8 anos que eu sai de lá e ninguém se preocupa a colocar a culpa na crise?. É a mesma coisa que cobrir o sol com a peneira e cobrir a falta de competência .


O futuro da rádio ? E devolver a concessão e pedir desculpas ! 



Perdão pelo desabafo!
























Thiago Uberreich lança a sua Biografia hoje em São Paulo

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

Quem gosta de futebol, copas do mundo e história não pode perder o lançamento do livro do Thiago Uberreich! Será hoje  as 18 horas , na Livraria Cultura do Conjunto Nacional em São Paulo
No último domingo Fausto Silva fez referências a Biografia 


Thiago também esse anos nos concedeu uma bela entrevista confira o vídeo abaixo








segunda-feira, 11 de junho de 2018

Segundo ABERT publicidade comercial em emissoras comunitárias representa extinção das pequenas rádios comerciais

A ABERT fez duras críticas, nesta quinta-feira (7), à aprovação pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado do PLS 55/2016, que permite a comercialização de publicidade pelas rádios comunitárias.
De autoria do ex-senador Donizeti Nogueira (PT-TO) e relatoria do senador Acir Gurgacz (PDT-RO), o projeto segue agora para análise da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT).
Em mensagem enviada às rádios, a ABERT considera inconstitucional o projeto de lei aprovado na quarta-feira (6). De acordo com a mensagem, “está em curso no Senado Federal um escândalo que atenta contra o poder público, o contribuinte e as emissoras de rádio comerciais”.
Para a ABERT, “o projeto de lei iguala uma rádio comunitária a uma comercial, mas vale lembrar que as finalidades são distintas. A rádio comercial paga um alto valor pela outorga, e tem obrigações e encargos tributários, trabalhistas e previdenciários que geram elevados custos.  Já as rádios comunitárias são administradas por associações sem fins lucrativos e recebem, gratuitamente, autorização pública para funcionar. A ABERT espera que o Senado rejeite a proposta que levará à extinção das pequenas emissoras comerciais, com efeitos danosos ao direito de informação do ouvinte”, afirma a mensagem.
Entenda o caso
Pela legislação atual, a rádio comunitária é administrada por associações sem fins lucrativos e recebe, gratuitamente, autorização pública para funcionamento.  Criada por lei, trata-se de uma emissora de baixa potência e de alcance e sintonia de apenas uma comunidade. É obtida facilmente, com uma documentação muito simplificada. Existem cerca de 6 mil emissoras comunitárias no Brasil. Por ser obtida a título gratuito, também não pode ser explorada comercialmente, fazer publicidade comercial paga e auferir lucro. A principal fonte de custeio é o apoio cultural em forma de patrocínio.
Já para a rádio comercial, o processo de obtenção de uma outorga é  extremamente difícil, caro e demora muitos anos. Este tipo de emissora tem inúmeras obrigações legais de operação.  Atualmente existem mais de 4,6 mil emissoras de rádio comerciais em todo o Brasil.
ABERT pede que emissoras comerciais divulguem mensagem (spot)
A ABERT pede às emissoras comerciais que divulguem o áudio da mensagem em sua programação. O spot está disponível para veiculação gratuita pelas rádios. Faça o download:

SPOT-ABERT     
Fonte: ABERT

sábado, 9 de junho de 2018

Após apresentar programa de rádio em más condições, Diguinho Coruja sai de férias

Muitos ouvintes e telespectadores têm estranhado a ausência de Diguinho Coruja do Band Coruja, da Band FM, e do The Noite, do SBT. No rádio, a explicação oficial é que ele está de férias. No entanto, sua participação mais recente nas ondas hertzianas, no último dia 25 de maio, deixou muita gente preocupada. Ele comandou o programa com uma voz vários tons abaixo do que seu público está acostumado a ouvir. 

Ele até chegou a pedir desculpas, explicando que estava apagando por ter tomado alguma medicação para dor de garganta e dor de ouvido. Pouco depois, Tadeu, apresentador do Band Bom Dia, assumiu o microfone e disse que Diguinho precisa se cuidar. “Eu não quero ficar aqui anunciando a missa de sétimo dia dele. Esse menino precisa cuidar rapidamente da saúde”. Não há uma previsão para que Diguinho Coruja retome suas atividades.



FONTE: RÁDIO AMANTES

quarta-feira, 6 de junho de 2018

WEB RÁDIO SERTANEJA OPERANDO EM CARÁTER EXPERIMENTAL

No ar e operando em caráter experimental a Web Rádio Antares com o melhor do sertanejo. A web rádio está operando para usuários que obtêm o Computador ( PC ) e entre outras nos aplicativos RadiosNet App e Rádio Garden. Os links estão logo abaixo.


Em breve estará com programas, vinhetas quadros enfim, é só aguardar!
Adriano

Nova diretoria de Tecnologia da ABERT desenvolverá radiodifusão 3.0


A ABERT tem um novo diretor de Tecnologia que tomou posse nesta segunda-feira (4). Após mais de 42 anos de trabalho na TV Globo, Luiz Carlos Abrahão assumiu o cargo na ABERT , onde desenvolverá um trabalho de integração do rádio e da TV às novas possibilidades de transmissão e tecnologias.
“Vou olhar para a radiodifusão do futuro. Tenho um forte conhecimento de televisão, mas acho que precisamos trabalhar todo o setor, principalmente na transição para a radiodifusão 3.0, que é a integração dessas mídias com os diversos meios”, afirma Abrahão.

O novo diretor da ABERT é carioca, formado em engenharia eletrônica e de telecomunicações. Entrou como estagiário na TV Globo, onde foi técnico, supervisor e gerente, até chegar a diretor de Tecnologia da emissora em Brasília, posição que ocupou por 7 anos.
FONTE: ABERT