terça-feira, 17 de julho de 2018

Morre o radialista Vicente de Paula Santos



vicenteMorreu na tarde desta segunda-feira (16), na Santa Casa de Araçatuba, o radialista esportivo Vicente de Paula Santos. Ele tinha 67 anos e morreu durante uma angioplastia coronária, um procedimento para abrir artérias bloqueadas.

Vicente apresentava o programa Resenha Esportiva, na rádio Cultura AM. Era um dos programas esportivos mais antigos do rádio brasileiro. Ele não era casado nem tinha filhos.
Para o radialista e amigo, Luís Araújo, Vicente era um “paizão”. Isso porque ele sempre estava disposto a ajudar, cobria as férias de todos os colegas da rádio e era para quem os amigos ligavam em qualquer situação. “Se precisava buscar remédio, dar carona, trocar pneu, qualquer coisa, podia contar com o Vicente”, lembrou.
Segundo Araújo, o amigo morava em Araçatuba há mais de 30 anos. Ele veio de São Paulo para trabalhar na região e decidiu se estabelecer.
O amigo contou que há alguns meses Vicente tinha pressão alta e decidiu procurar um médico. Na semana passada, ele passou por um procedimento pré-operatório e marcou a cirurgia para esta segunda.
Logo que deu entrada no centro cirúrgico, faleceu. O velório está programado para começar à noite na Câmara de Araçatuba e o sepultamento será no fim da tarde de terça-feira (17). O local do sepultamento ainda não foi definido.

Fonte: http://www.folhadaregiao.com.br/2018/07/16/morre-o-radialista-vicente-de-paula-santos

segunda-feira, 16 de julho de 2018

MORRE RICARDO HILL


A imagem pode conter: Ricardo Hill, sorrindo

Uma noticia que pegou a todos de surpresa inclusive a mim ( Adriano Ferreira ). 

O jornalista e radialista da Nova Brasil FM, ex rádio Jovem Pan de São Paulo  o Ricardo Hill, veio à falecer hoje, após um acidente num parque aquático, em Fortaleza.

Ricardo morreu nesta segunda-feira (16) ao cair de um brinquedo no Beach Park, parque aquático em Aquiraz, na Grande Fortaleza. Ricardo José Hilário Silva, 43 anos, estava em uma boia com mais três pessoas no "Vainkará", atração que havia sido inaugurada no fim de semana. Na última curva do toboágua antes da chegada à piscina no solo, a boia passou da altura de parede lateral de contenção, e os quatro caíram.

Inacreditável! Ele era uma pessoa de um caráter e profissionalismo tamanho! Foi meu professor no curso de Rádio, Voz e Locução, no Senac, em Sorocaba-SP.

Em nota a Rádio Nova Brasil fm de São Paulo lamentou o ocorrido na pagina do Facebook da emissora. 

A imagem pode conter: texto

O mundo do rádio fica mais uma vez órfão de um grande talento!
Meus sinceros sentimentos a família do profissional, Ricardo Hill foi um dos meus espelhos para o inicio da  minha locução no rádio. Não tive o prazer de conhece - lo pessoalmente mais tive a oportunidade de agradecer e falar o quanto eu me espelhei nele no começo da minha carreira. 

Segue o áudio abaixo de um dos áudios que tenho guardado nas minhas fitas k7.






quinta-feira, 12 de julho de 2018

Senado aprova aumento de potência para rádios comunitárias




Pela proposta, haverá também aumento do número de canais disponíveis em cada localidade, de um para dois.    O projeto, de autoria do Senado, segue agora para a Câmara dos Deputados.
As rádios comunitárias ganharam legislação própria em 1998. A Lei 9.612, daquele ano, estabeleceu regras específicas para essas estações, limitando o canal por comunidade a um e a potência a 25 watts. As representações dessas emissoras sempre reclamaram desses limites. Um dos argumentos é que eles dificultam a transmissão em locais de menor densidade geográfica, especialmente em áreas rurais ou na Região Norte.
Do outro lado, emissoras comerciais criticavam a proposta, afirmando que o aumento da potência poderia gerar risco de interferência das rádios comunitárias em outros tipo de estação de rádio. Os posicionamentos contrários contribuíram para uma alternativa acordada em plenário – 150 watts, quando a redação original previa 300 watts.
Na sessão, senadores responderam às críticas das emissoras comerciais. “O aumento de potência é claro, só vale para aquela comunidade. Rádios de municípios não vão alcançar outra cidade. Não há por que criar falar que vai afetar rádios privadas”, afirmou o senador Waldemir Moka (MDB-MS)
O aumento foi defendido por parlamentares como forma de valorizar o trabalho das emissoras comunitárias. “Há 4.800 rádios deste tipo pelo país afora, com papel relevante na comunicação social. São elas que estão presentes nos rincões do país, fazendo comunicação com responsabilidade”, disse a senadora Fátima Bezerra (PT-RN).
Na avaliação do coordenador executivo da Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço), Geremias Santos, a aprovação foi importante para as emissoras. “Vinte anos depois da lei do setor, senadores mudaram a legislação. Não foi o que queríamos, mas chegaram a um termo que coloca agora a necessidade dos deputados promoverem a aprovação da lei”, comentou.
FONTE: Agência Brasil/EBC.

terça-feira, 10 de julho de 2018

Sertanejos dominam a lista de mais tocadas do 1º semestre

Como de praxe, a Crowley divulgou no final de junho um Top 100 especial com as canções mais tocadas no primeiro semestre no Brasil. Os números foram aferidos, de segunda a sexta, das 7 às 19h, entre 1º de janeiro e 30 de junho, em todas as 20 praças nas quais acontece semanalmente a pesquisa da empresa. Gusttavo Lima na liderança com o sucesso “Apelido Carinhoso”, que foi tocado 77427 vezes,
Gusttavo ficou quase 20 mil execuções a mais que a segunda colocada, “Largado às Traças“, de Zé Neto & Cristiano. A medalha de bronze ficou com “Transplante“, de Marília Mendonça (com participação de Bruno & Marrone).
Confira as dez músicas mais tocadas no primeiro semestre da Crowley:
1 – Apelido Carinhoso – Gusttavo Lima
2 – Largado às Traças – Zé Neto e Cristiano
3 – Transplante – Marília Mendonça
4 – Sua Melhor Versão – Bruno e Marrone
5 – Rapariga Não – João Neto e Frederico e Naiara Azevedo
6 – Dona Maria – Thiago Brava e Jorge
7 – Anti-amor – Gustavo Mioto e Jorge e Mateus
8 – Pegada que desgrama – Naiara Azevedo
9 -Quem ensinou fui eu – Maiara e Maraisa
10 – Mais amor e menos drama – Henrique e Juliano

Fonte: Crowley

Nota do Blog : Em breve inauguração da nossa Web Rádio Antares com o melhor do Sertanejo. 

quinta-feira, 5 de julho de 2018

50 milhões vivem em 'deserto' de rádio e TV locais no Brasil



Para 50 milhões de brasileiros, ter rádio ou televisor em casa não significa ter acesso a conteúdo local, principalmente de informação.

Levantamento do Atlas da Notícia mostra que 25% da população do país vive em municípios sem emissoras locais de radiodifusão (rádio e televisão).

Quando muito, têm retransmissoras do conteúdo de rede nacional ou regional. O resultado é semelhante ao levantamento do Atlas em novembro, que apontou um “deserto” de jornais impressos e sites para 70 milhões.

O Atlas da Notícia é um estudo do Projor (Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo) com a agência de jornalismo de dados Volt Data Lab.

É inspirado no projeto de “desertos de notícias” americanos da Columbia Journalism Review, veículo ligado à Universidade Columbia.

Para Angela Pimenta, presidente do Projor, “quanto menor a cidade, maior a tendência de que não haja jornalismo, e é claro que isso é preocupante”.

Sérgio Spagnuolo, editor da Volt, chama a atenção para o impacto concreto: “Quem está cobrindo a vida cívica local? E o buraco na rua?”.

O estudo de radiodifusão cruzou dados obtidos através de contribuição online (crowdsourcing) com os registros do Ministério das Comunicações.

Uma edição ampliada e revisada do Atlas, tanto para jornais e sites como para rádio e televisão, já está programada para o final deste ano.

Além do levantamento quantitativo, foi prevista também uma série de reportagens, para um estudo qualitativo das cinco regiões do país.

O projeto, que é apoiado pelo Facebook, contratou para tanto a jornalista Elvira Lobato --que cobriu o setor até 2011 na Folha, onde trabalhou por 27 anos.

Ela deve visitar cidades como a mineira Mariana e as alagoanas Arapiraca e Palmeira dos Índios, para retratar seus jornais, sites e emissoras.

Lobato, que lançou em novembro o livro “Antenas da Floresta” (Objetiva, 360 págs.), sobre TVs na Amazônia, pretende repetir o processo, que mudou sua visão.
Por exemplo, ela hoje vê qualidades no conteúdo de emissoras locais de políticos. “Ele não exerce controle em tempo integral, o ano todo”, diz.


Fonte: Folha de São Paulo 

terça-feira, 3 de julho de 2018

TONINHO BONDADE É DEMITIDO DA RÁDIO GLOBO.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, close-up

Toninho Bondade um dos grandes nomes no rádio do brasil e um dos grande operadores de rádio foi demitido hoje da Rádio Globo do Rio de Janeiro. Confira a nota que o operador toninho publicou em seu Facebook. 

"Comunico aos amigos que me acompanham e torcem por mim, que hoje, dia 3 de Julho de 2018, depois de 27 anos, fui demitido da Rádio Globo. Não levo mágoas no meu coração. Ao contrário, sinto-me orgulhoso por durante tantos anos, ter feito parte do quadro de funcionários dessa emissora tão conceituada. Aos que ficam, desejo sucesso. Vamos em frente, acreditando sempre que Deus irá me abençoar e estará comigo em meus novos caminhos. Uma porta se fecha, mas outras portas irão se abrir. "Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para conosco" 1 Tessalonicenses 5:18"




segunda-feira, 2 de julho de 2018

Bispo Dioceosano Dom Paulo Cezar Costa, anuncia com sua benção, a nova programação da Rádio SDS, em Dourado

Rádio SDS em dia especial,  com a visita do Bispo Diocesano Dom Paulo Cezar Costa
Vejam as fotos do evento AQUI
Vejam AQUI também
Dom Paulo Cezar Costa inaugura nova programação na Rádio SDS e anuncia parceria com São Carlos 

O Bispo Diocesano Dom Paulo Cezar Costa, inaugurou na Rádio SDS em Dourado, a nova  grade de programação da emissora. A novidade também, é que  a partir deste domingo(1º de julho) a SDS passará também,  a contar  com  novo estúdio na cidade de São Carlos, compartilhando dessa forma o trabalho dos profissionais das duas cidades.

 Em breve a SDS terá um alcance maior, com um incremento na potencia de sua antena,  devendo atingir todas as cidades das paróquias que compõe a Diocese.

Durante cerca de 40 minutos, o Bispo Diocesano em visita ao estúdio da emissora em Dourado, enalteceu o trabalho do Padre José Antonio que foi o incentivador e quem puxou para si a responsabilidade da criação da Rádio São Domingos Sávio(93,3FM) em Dourado, que ao logo de mais de 12 anos vem se firmando com uma programação variada e com conteúdo cultural, religioso e agora jornalístico também.

De acordo com Dom Paulo , a emissora ganhará o reforço de profissionais sediados na cidade de São Carlos e com a ajuda de todas as paróquias da Diocese. O pároco de Ribeirão Bonito, Padre Morales esteve presente durante visita do Bispo na Rádio SDS.
Missa celebrada na Igreja Matriz São João Batista de Dourado

Após a visita à SDS, o Bispo Dom Paulo Cezar seguiu para a Igreja Matriz São João Batista para celebrar missa em companhia dos Padres Juliano e Kécio Henrique.

Durante a missa, Jorge Luiz Tavano apresentou a todos, o Brasão da Paróquia São João Batista  de Dourado que passará desde já, a integrar todas as informações e comunicações que se fizerem necessárias.
Padre Juliano - Padre Kécio - Dom Paulo Cezar e Jorge Luiz Tavano
Vejam as fotos do evento AQUI
Vejam AQUI também

FONTE BLOG DO RONCO

domingo, 1 de julho de 2018

Rádio Web Participativa lança jornal a Voz da Cidade

 O Programa jornalístico pretende ser um espaço de divulgação de serviços, notícias, entrevistas e participação popular

A equipe da Rádio Web Participativa lança na próxima terça-feira, dia 3 de julho, o jornal Voz da Cidade, que irá ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 19 horas.

De acordo com Lúcia Furtado, gestora da Rádio Web Participativa, o programa jornalístico pretende ser um espaço de divulgação de serviços, notícias da cidade, entrevistas e participação popular, estando alinhado com a proposta do Governo de aproximar Prefeitura e população.

“Os ouvintes terão a possibilidade de enviar suas dúvidas para serem respondidas pela administração. O prefeito Edinho e toda a equipe de governo estarão envolvidos neste projeto, a fim de esclarecer a população sobre os assuntos relacionados à gestão”, diz Lúcia.

A Rádio Web Participativa está 24 horas no ar, com uma programação que valoriza a cultura musical brasileira em seus variados estilos, primando pela qualidade. Durante o dia todo, campanhas educativas e institucionais, prestação de serviços, prestação de contas, entrevistas e programas especiais formam a grade da emissora.

A programação pode ser ouvida no Terminal Central de Integração, no Terminal Rodoviário, em repartições públicas e, em breve, será lançado o aplicativo Rádio Web Participativa. 
Para acompanhar a programação, basta entrar no site da Prefeitura 

(www.araraquara.sp.gov.br/radioparticipativa) e clicar no player disponibilizado na página inicial.

segunda-feira, 25 de junho de 2018

ABERT É CONTRA AO AUMENTO DE POTÊNCIA DE RÁDIOS COMUNITÁRIAS


Radiodifusores de todo o país se uniram à ABERT na luta contra a aprovação da PLS 513/2017. O projeto de lei prevê o aumento de potência das rádios comunitárias de 25 para 300 watts e a reserva de três canais.
A ABERT e as lideranças das associações estaduais se reuniram com o presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira, para apresentar seu posicionamento e convicção sobre os prejuízos que este projeto pode causar à radiodifusão brasileira. Mais de 50 radiodifusores de todos os estados do país se juntaram à associação no Senado Federal.
A mobilização no Senado foi exitosa. Segundo o diretor geral da ABERT, Cristiano Lobato Flores, “conseguimos não apenas impedir a votação do pacote de medidas que igualariam uma rádio comunitária a uma comercial (aumento de potência, reserva de mais canais, veiculação de publicidade e isenção de pagamento de direitos autorais), como também sensibilizamos parte dos senadores para que fosse apresentado requerimento solicitando maior debate sobre o PLS 513”.
O presidente da ABERT, Paulo Tonet Camargo, enviou carta aberta (clique aqui para ler) a todos os radiodifusores e agradeceu a mobilização. No documento, o presidente pede o apoio de todo o setor junto aos senadores para aprovação do requerimento que está na pauta do plenário do senado da próxima terça-feira (26) o que permitirá que outras comissões do Senado discutam a matéria.
FONTE: ABERT

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Radio SDS -Emissora oficial da Diocese de São Carlos

Carta escrita pelo Padre Juliano abaixo


Amado irmão, paz e bem! Saudações fraternas. 

Com extrema alegria que nos dirigimos ao irmão para dar esta boa notícia. A Rádio SDS FM 93,3, da Associação São Domingos Sávio, em Dourado, será oficializada diocesana no próximo dia 1° de julho. 

Assim, depois de tanto empenho e dedicação do Pe.José Antonio e, agora, com anseio de Dom Paulo e Dom Eduardo, apresento o desenvolvimento da SDS, agora diocesana: - Aumento de potência: Há grande probabilidade de a potência já ser aumentada no segundo semestre e, assim, cobrir todo território diocesano; - Link: Com a unidade móvel totalmente modernizada, podemos fazer transmissão de qualquer ponto do território nacional. Assim, queremos atingir todas as paróquias com a presença de nossa equipe em festas, novenas etc com cobertura e transmissão ao vivo; - Estúdios: Além do estúdio principal em Dourado, a diocese investiu num estúdio auxiliar em São Carlos, na sede da cúria, para que sejam gerados e gravados materiais direto da sede diocesana. 

Além disso, da cidade de Tabatinga, Pe.Rodolfo também gerará seu programa direto de outro estúdio; - Programação: Após reuniões e desejo de Dom Paulo, hoje, a programação está totalmente reformulada, sendo seu carro-chefe a evangelização. Ainda, a partir do dia 1º a rádio passa a operar diariamente com programação gerada praticamente 50% por Dourado e 50% por São Carlos: - Dom Paulo, Dom Eduardo, Pe.Rodolfo, Pe.Éverson, Pe.Marcelo Jolli, Pe.Kécio, Pe.Heitor, Pe.Julio Perroni, Pe.José Antonio, além de vários leigos engajados estarão empenhados em Santa Missa diária, jornalismo, orações, bênçãos, catequese, santo terço e muito envolvimento do ouvinte; - Investimento: Trabalhamos, até agora, nos investimentos essenciais, mas, temos muito a evoluir ainda. 

Como sabemos, a rádio educativa não pode ser comercializada, somente é autorizado apoio cultural. Nosso bispo optou em nos estabilizarmos pela contribuição de sócios, denominando-os “Amigos da Rádio”; Por fim, amado irmão, juntos podemos evangelizar muito mais pessoas. Por isso, sinta-se responsável conosco nessa nova empreitada de nossa diocese. Com isso, gostaria de convidar o senhor e seus membros da Pastoral da Comunicação para o grande dia 1º de julho, no qual, Dom Paulo estará em Dourado abençoando o estúdio principal, falando com os ouvintes e presidindo a Eucaristia, a partir das 16h30 na sede da SDS. 


Divulgue em sua paróquia, nas mídias sociais e envie suas notícias para que sejam divulgadas em nível diocesano. Hoje, a SDS pode ser ouvida pelas ondas de FM 93,3, pelo site www.radiosds.com.br, pelo aplicativo SDS FM tanto para Ios como para Android. São Domingos Sávio, rogai por nós. Dom Paulo Cezar Costa, Dom Eduardo Malaspina, Pe.Robson Caramano, Pe.Ramon Ap.Ramos e Pe.Juliano C.Alécio.


terça-feira, 19 de junho de 2018

EM NOVA NOTA, ABERT REPUDIA EQUIPARAÇÃO DE RÁDIO COMUNITÁRIA À COMERCIAL

ENTIDADE RESSALTA QUE RÁDIO COMERCIAL SUPORTA ALTOS CUSTOS PARA SUA MANUTENÇÃO
O projeto que prevê a liberação de publicidade paga e aumento de potência nas rádios comunitárias continua causando polêmica. Em nova nota divulgada nesta quinta-feira (14), a associação repudiou as mudanças previstas nos dois projetos de lei que tramitam no Senado que pretendem igualar as rádios comunitárias às comerciais. O tudoradio.com também chegou a publicar um editorial sobre o assunto.
De acordo com a Associação, as mudanças na legislação do setor favorecem uma concorrência desleal e têm por finalidade o enfraquecimento econômico das emissoras comerciais. Ainda segundo a ABERT, se aprovadas, as duas propostas trarão “efeitos danosos ao poder público, ao contribuinte e às emissoras comerciais”.
Na terça-feira (19), o plenário do Senado deve votar o PLS 513/2017, de autoria do senador Hélio José (PROS/DF), que aumenta o limite de potência e o alcance das transmissões para toda uma cidade e até mesmo para o estado, e ainda triplica a quantidade de canais para o serviço de radiodifusão comunitária. Já o PLS 55/2016, do ex-senador Donizete Nogueira (PT/TO), está em tramitação na Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) e permite que as emissoras comunitárias, à semelhança das rádios comerciais, vendam espaço para publicidade.
Na nota, a ABERT ressalta que a outorga de funcionamento de uma rádio comercial tem “um alto custo e o processo de obtenção é demorado e burocrático”. Já a autorização para operar uma rádio comunitária “é sumária, simplificada e gratuita, sendo permitida apenas para entidades sem fins lucrativos”.
Para a ABERT “o radiodifusor comunitário que pretende comercializar propaganda deve participar do processo de licitação, com as mesmas regras e obrigações tributárias, trabalhistas e previdenciárias dos radiodifusores comerciais”. A Associação conclui afirmando esperar que o Senado Federal rejeite as duas propostas.
Nesta semana a Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado aprovou o projeto isenta as rádios comunitárias do pagamento de direitos autorais ao Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad). O texto segue para análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde recebe decisão terminativa.
Caso a isenção do pagamento dos direitos autorais seja aprovada, o projeto que prevê a autorização da publicidade paga para o meio deve perder relevância. A medida vai causar um alívio nos custos de manutenção da rádio comunitária, benefício que não é estendido às rádios comerciais.

Fonte: http://biquadbroadcast.com/br/em-nova-nota-abert-repudia-equiparacao-de-radio-comunitaria-a-comercial/

sábado, 16 de junho de 2018

PROGRAMA OLHA A HORA EM NOVO HORÁRIO

O tradicionalismo programa Olha a Hora da Rádio Cultura de Araraquara apresentado pelo Geraldo Marchese e Flavio Marchese estará em novo horário a partir de segunda feira dia 18 de junho. 

O programa deixa o horário da tarde as 17 horas e volta para as manhãs das 07 as 09 da manhã. Sendo que, das 07 as 08 da manhã em rede am e fm e das 08 as 09 da manhã somente no am.

O programa olha a hora está a 26 anos no ar pela Rádio Cultura de Araraquara

Resultado de imagem para programa olha a hora araraquara

quinta-feira, 14 de junho de 2018

FERNANDO MARTINS ESCLARECE TODA A POLÊMICA NA JOVEM PAN

A imagem pode conter: Fernando Martins, sentado


Fernando Martins da Rádio Jovem Pan de São Paulo se envolveu ou tentaram envolver o jornalista em uma polemica o quanto meio que " bobo " no programa Ligado na Cidade em que ele comandava na rádio. 

Em um dos seus programas ele teria mandado um abraço para o Ronnie Von e o Caçulinha e não teria agradado a direção da emissora panamericana, segundo a coluna do Flavio Ricco do Uol. 

Pois bem, hoje em seu perfil nas rede sociais, Fernando Martins falou sobre o assunto. Siga abaixo :


"Pessoal, os últimos dias foram bem movimentados e, para esclarecer de uma vez o que houve, resolvi fazer esse post.
O programa Ligado na Cidade de fato saiu do ar, mas as questões que levam a isso são puramente estratégicas por parte da emissora. Programas vêm e vão nas grades das rádios e TVs. Sempre foi assim e sempre será. O Ronnie Von e o Caçulinha, obviamente, não influenciaram nada. São dois queridos colegas e ouvintes. Pessoas elegantes que estimo. 
Também não fui demitido da Pan, nem me afastei pra sair candidato a deputado, como chegou a ser cogitado. Sigo como repórter, a essência do jornalismo. Não importa em qual posição somos colocados para jogar, o que importa é fazer o jogo fluir.



No caso do jornalismo, fluir é fazer a diferença na sociedade, na vida das pessoas. O Ligado foi incrível, com centenas de pessoas recebendo a atenção que devia, com incríveis pessoas na produção e, claro, com o público que nos dá o voto de confiança.


Obrigado pelo carinho de todos nos últimos dias. Dos amigos de sempre, dos amigos da imprensa, da classe artística e de você do outro lado do rádio, do celular, do computador... você que tem a paciência de tirar um pedacinho do dia para ouvir a gente. Muito obrigado, mesmo."