quinta-feira, 10 de maio de 2012

Paulo Barboza, comunicador da Rádio Capital, segue internado em São Paulo

O radialista Paulo Barboza, profissional que atualmente vai ao ar pela Rádio Capital AM 1040 de São Paulo, segue internado na capital paulista. O comunicador deu entrada no Hospital Albert Einstein no último dia 5 de maio, após sofrer com uma forme pneumonia que também ocasionou um problema cardíaco e no fígado (ambos leves). Segundo o site Bastidores do Rádio o comunicador segue internado, porém vem se recuperando. Paulo Barboza atua diariamente na programação da Rádio Capital e recentemente teve uma passagem pela Rádio Record AM 1000.

Segundo notícia publicada pelo site Bastidores do Rádio no início da semana, Paulo Barboza teve uma febre muito forte no final da noite da primeira quarta de maio (dia 2), alem de uma forte dor de garganta, por isso não apresentou seu programa no dia 3 (quinta-feira). Ainda na no mesmo dia a tarde, Paulo Barboza apresentou melhora e no dia seguinte, sexta-feira (4) comandou normalmente seu programa na Rádio Capital. No sábado (5) o radialista deu entrada no Hospital Albert Einstein onde permanece internado em recuperação. A pneumonia está sendo combatida com antibióticos e um antiviral.

O radialista foi sedado pelos médicos para o tratamento e segundo o Bastidores do Rádio o tratamento já passa por uma diminuição da sedação e Barboza chegou a abrir os olhos. Ainda segundo o site, amigos mais próximos do comunicador afirmam que o comunicador apresentou uma melhora em seu estado. O radialista está na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) desde o dia que deu entrada no Hospital Albert Einstein.

Paulo Barboza comanda a faixa horária das 8h30 às 11h00 da Rádio Capital. Durante sua ausência o seu programa (que leva o nome do comunicador) é apresentado por Paulo Barboza Filho (Paulo Eugênio). Recentemente Barboza teve passagem pela Rádio Record e deixou a emissora logo após a mudança de rumo adotada pela direção da Rede Record, fato que resultou na demissão da maioria dos profissionais da AM. O comunicador começou no rádio em 1959 pela Rádio Imperial de Petrópolis e também teve passagens pelas rádios 9 de Julho AM 1600, Rádio Globo AM 1100, América AM 1410, emissoras de televisão e estações do Rio de Janeiro (destaque para a Super Rádio Tupi AM 1280) e Minas Gerais (Itatiaia AM 610).

Com informações do site Bastidores do Rádio

Nenhum comentário:

Postar um comentário