sexta-feira, 4 de maio de 2012

Rouberval José: comunicador nato

Com quase 27 anos de rádio, Rouberval José conta como foi convidado por engano para fazer o teste que o colocaria no rádio em Araraquara



Em meio à recessão que o Brasil vivia na década de 80, muitos brasileiros en­frentavam os efeitos da ins­tabilidade econômica. Para o jovem Rouberval José, na época com 16 anos, não foi diferente. Em 1983, perdeu o emprego na fábrica de bordados onde trabalhava, em Itápolis (SP), e passou a fazer bicos em lojas. Um ano depois, incentivado pelo ir­mão, fez um teste para uma rádio local e foi aprovado.

A vinda para Araraquara se deu de maneira inespera­da. “Certo dia, um amigo que trabalhava comigo me disse que os diretores da Rádio Morada do Sol tinham me ouvido no ar e me convida­ram para fazer um teste em Araraquara”, relembra. Rou­berval, claro, passou no teste e escreveu de vez sua histó­ria no rádio araraquarense.

Ao todo, são quase 27 anos no elenco da emissora. Atualmente, o locutor apre­senta o programa “Bom dia Cultura”, de segunda a sába­do, das 7h30 às 10h, na Rá­dio Cultura FM (97,3), além do “Super Show Morada”, que vai ao ar das 10h30 às 15h, de segunda a sexta-feira, na Morada AM (640).

Talento raro, Rouberval possui um poder de comuni­cação contagiante. Durante os programas, entretenimen­to, informação e prestação de serviço são levados ao públi­co, já acostumado ao carisma do apresentador. O dia a dia das celebridades, as fofocas e os resumos das novelas são quadros do programa na Mo­rada AM, que sempre encerra com “As Canções do Roberto”.

A história do comunicador também foi marcada pelo acaso. Há alguns anos, Rou­berval descobriu que na oca­sião em que foi convidado para fazer o teste na Rádio Morada do Sol, não era ele quem os diretores tinham ouvido no ar. Por­tanto, ele fez o teste no lugar de outra pessoa.

Muito mais do que sorte, o locutor acredita que contou com ajuda divina. “A minha vida é conduzida por Deus. Eu estava no ar em uma rádio de Itápolis, recebo o convite para fazer um teste na Mo­rada, sou aprovado e, poste­riormente, descubro que não se tratava de mim que a dire­ção queria. Nessa brincadei­ra, já estou há 27 anos em Araraquara”, conclui.

FONTE: SIM NEWS

Um comentário:

  1. Parabéns, eu cresci ouvindo esse super cara.
    um forte abraço :)

    ResponderExcluir