terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

RÁDIOS DE SÃO PAULO

POR EDU CESAR SITE PAPO DE BOLA


Rádio de São Paulo I*
"Domingo Esportivo Bandeirantes". Milton Neves contou que, um dia, ele, Vander Luiz, Claudio Carsughi, Luís Carlos Quartarollo e Fredy Júnior fariam tubo de um jogo da Libertadores pela Jovem Pan. A TV exibidora do jogo mostrou um comercial que encerrava com a imagem de Adolf Hitler. Todos se espantaram quando Carsughi disse que tinha conhecido não apenas Hitler, mas também Benito Mussolini. Segundo Milton, Carsughi contou que, quando tinha 10 anos e ainda residia em Florença, houve um encontro dos dois ditadores, que ali celebraram a união do nazismo com o facismo e, depois, desfilaram pelas ruas. Seus pais o levaram a esta função. Até aí, nada demais.

Rádio de São Paulo II*
Milton prosseguiu: Carsughi contou que segurava uma bandeira da Itália e, quando o desfile passou em sua frente, Hitler e Mussolini foram em sua direção, o ditador da Alemanha o pegou no colo e disse que aquele menino representava aquela união e o futuro da Europa. Hitler perguntou para o ditador da Itália se havia jogo de futebol na cidade naquele dia, recebeu de resposta que haveria Fiorentina x Juventus e afirmou que servia, mesmo não sendo um Bayern de Munique x Nuremberg. Hitler disse que, depois do jogo, era para o pequeno Carsughi ir até a sede da RAI e comparecer a um programa esportivo, no qual seriam tiradas fotos que seriam espalhadas por toda a Europa como propaganda da união nazi-fascista. Quartarollo perguntou onde estavam as fotos e Carsughi respondeu que não as tinha pois elas não foram divulgadas.

Rádio de São Paulo III*
José Silvério, que narrou Corinthians x São Paulo, não acreditou naquilo. Milton foi contundente e disse que era verdade, apenas colocando alguns ingredientes a mais. Quando pediu para Alexandre Praetzel procurar Quartarollo e perguntar se era verdade ou não, o repórter da Bandeirantes disse que não era necessário pois o companheiro da Pan já havia lhe contado isso e que era tudo verdade. Meu Deus, que história!
*Com dica do conviva Kléber Antônio Ferreira de Souza

FONTE: SITE PAPO DE BOLA

Nenhum comentário:

Postar um comentário