quinta-feira, 22 de março de 2012

Aerp lança campanha em apoio à flexibilização da transmissão da Voz do Brasil

Foi lançada na segunda-feira, dia 19, uma campanha publicitária idealizada pela Aerp- Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná, que pede mais agilidade na discussão sobre a flexibilização da transmissão do programa A Voz do Brasil, no ar há 74 anos. O material vai contar com anúncios, banners e spots de áudio, que serão divulgados nos meios de comunicação da associação e também vão estar disponíveis para as 350 emissoras de rádio associadas.


Com o mote “Se a voz é do Brasil, também é dos brasileiros. Chegou a hora de flexibilizar!”, a campanha criada pela agência Cidade Propaganda, pretende incentivar o debate pela aprovação da proposta que tramita desde 2003 , na Câmara Federal. O Projeto de Lei 595/03, de autoria da deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), depende de acordo para votação pelo Plenário.

A proposta tem o apoio do governo, do presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), e do presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG). Porém, enfrenta resistências de diversos parlamentares, como da vice-presidente da Câmara, deputada Rose de Freitas (PMDB-ES), e de setores do PT, como o líder da bancada, deputado Jilmar Tatto (SP). De acordo com Tatto, não há posição fechada no partido sobre o assunto.

De acordo com o texto aprovado, as emissoras comerciais e comunitárias ficam liberadas para transmitir o programa oficial dos três Poderes no período entre as 19 e as 22 horas (horário oficial de Brasília). Atualmente, o programa é transmitido obrigatoriamente das 19 às 20 horas.


FONTE: AESP

Nenhum comentário:

Postar um comentário