segunda-feira, 19 de março de 2012

Djalma Laroca: o rádio na veia




Com mais de 30 anos de carreira no rádio, Djalma Laroca apresenta o programa Agita Brasil na Rádio Morada AM 640 Khz

Data: 16/03/2012, às 12h02


O araraquarense Djalma Laroca entrou pela primeira vez em um estúdio de rádio aos 7 anos de idade. Ao lado do irmão, José Carlos, com quem formava a dupla Laroca e Laroquinha, participou do programa “Na Beira da Tuia”, na Rádio Nacional, apresenta­do pela dupla Tonico e Tinoco.

Foi através da música que Laroca se acostumou aos microfones. Os irmãos can­tavam em circos, festas e sa­lões por todo o Estado de São Paulo e chegaram a gravar um compacto duplo, no início dos anos 80. O convite para ingressar no rádio foi apenas questão de tempo.

“Meu irmão e eu apresentá­vamos um pro­grama aos sába­dos, na cidade de Matão. Co­meçamos com um programa de uma hora, mas o sucesso foi tão grande que logo estaríamos com sete horas de programação, ao vivo”, relem­bra. Em seguida, apareceu o convite para comandarem o “Agita Brasil”, programa que até hoje alegra as tardes do rádio araraquarense. Enquan­to o irmão se dedicava a ou­tras atividades profissionais, Djalma continuava com sua missão e conquistava, cada vez mais, a audiência e o ca­rinho dos ouvintes.

De segunda a sexta-feira, das 17h às 19h, e aos sába­dos, das 8h às 10h30 e das 13h às 16h, na Rádio Mora­da AM, 640 Khz, milhares de pessoas contagiam-se com sua alegria. As brincadeiras, algumas até mais atrevidas, continuam sendo sua marca. Para ele, o carinho dos ouvin­tes é sua energia. “Em casa sou uma pessoa tranquila, mas quando entro no ar, me transformo. Os ouvintes já se acostumaram com meu jeito de ser e me incentivam mui­to”, conta.

A programação musical é criteriosamente esco­lhida. “Gosto de músicas alegres, mas também abro espaço para as canções do passado, especialmente da Jovem Guarda, aquelas do tempo do buracão”, afirma, em referência a uma anti­ga área, no São Geraldo, que levava esse nome. “Os moradores mais antigos de Araraquara com certeza se recordam das histórias do buracão”, conta Djalma, re­ferindo-se aos namoricos e brincadeiras que se inicia­ram naquele lugar.

Casado e pai de três filhos, Djalma Laroca ainda encon­tra tempo de se apresentar em festas por toda a região, levando, além de artistas lo­cais, o seu carisma. Nesses encontros, em instituições ou praças públicas, é comum o olhar curioso e admirado dos ouvintes que Laroca conquis­tou ao longo de tanto tempo. “O rádio está na veia. É minha vida. Estarei nele enquanto estiver vivo”, finaliza.


POR LUIZ ANTONIO
TEXTO SITE SIM NEWS

Nenhum comentário:

Postar um comentário