terça-feira, 27 de maio de 2014

Copa: Rádio conta com maior rapidez de recepção entre veículos de comunicação

Quem já assistiu a um jogo de futebol pela TV ouvindo a narração pelo rádio notou a diferença que há entre a recepção do áudio (rádio) e a imagem (TV). O Rádio conta com maior vantagem neste sentido frente a todos os outros veículos de comunicação. Essa vantagem que já é notória, foi destaque de matéria na segunda-feira no jornal Folha S.Paulo como um especial para a Copa do Mundo.

A publicação ressaltou a agilidade na recepção do rádio diante da TV e da Internet, veículos que são parceiros de quem gosta de futebol, e será, principalmente, nesta época de Copa do Mundo. De acordo com a matéria, a diferença entre a agilidade do rádio frente aos concorrentes é porque o sinal digital da TV passa por um processamento que não acontece com o sinal analógico.

Mesmo comparando com o sinal analógico da TV, o rádio ainda leva vantagem por alguns segundos. Quem for acompanhar pela Internet, a diferença tende a ser ainda maior, já que o sinal de streaming é ainda mais demorado para chegar até o ouvinte. Ainda assim, comparando apenas as transmissões na Internet, o áudio de uma emissora de rádio ainda é mais rápido que as imagens da TV.

O infográfico da Folha mostra que a transmissão de rádio é simultânea ao que ocorre em campo. Enquanto o torcedor que está vendo a partida pela venda acompanha a armação da jogada, o que está com o rádio já viu a definição da jogada em tempo real.

Em termos de tempo, o infográfico mostra que o rádio é o mais rápido em resposta ao ouvinte. Na sequência está o sinal analógico de TV, seguido do sinal digital de TV, sinal digital HD de TV, sinal digital de TV móvel e em último o streaming de internet (ressaltando que o áudio de uma emissora de rádio chega antes que a imagem da TV na internet). Portanto, em termos de agilidade e simultaneidade o rádio se mantém imbatível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário